Dr.Mariana Garcia - Logo
  • slidebg1

OTOPLASTIA

A cirurgia reposiciona as orelhas, deixando-as mais próximas à cabeça, e cria as dobras cartilaginosas que caracterizam essa parte do corpo. As dobras são geralmente criadas através do enfraquecimento da cartilagem e da sua moldagem com pontos internos para garantir a cicatrização na posição correta.
A anestesia realizada durante a otoplastia é a local com sedação ou geral. A alta hospitalar ocorre após a liberação anestésica (em torno de 6 a 8 horas pós-operatória).
O procedimento de otoplastia dura cerca de 1 a 2 horas, e tem o objetivo posicionar as orelhas mais proximamente ao crânio e criar as dobras na cartilagem, aproximando-as de um padrão de normalidade. Realiza-se uma incisão localizada estrategicamente no sulco atrás da orelha, seguida do descolamento da cartilagem envolvendo a concha e pavilhão auricular. A “rotação” da orelha pode ser executada através de pontos que modelarão a anti-hélix e a concha e/ou retirando-se um pedaço da cartilagem da concha (parte côncava adjacente ao orifício do canal da orelha). As dobras são geralmente criadas através do enfraquecimento da cartilagem e da sua moldagem com suturas para garantir a cicatrização dos tecidos na posição correta.